segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Cartas de AMOR quem as não tem?



Hoje, por necessidade de fazer umas arrumações profundas, fui encontrar algo que já nem me lembrava que ainda tinha... Cartas de Amor

Ao lê-las fui recordar "histórias passadas" há 23 anos atrás...

Reler aquelas cartas, aqueles poemas, aquelas palavras mágicas que para nós tinham tanto significado e, que ao fim destes anos continuam a estar embebidas em tanto Amor, Carinho, Respeito, e de Paixão!!

Guardo-as para sentir o doce paladar daqui a mais uns anos...e, que a mensagem delas, as juras de Amor prevaleçam até à nossa hora...

RECORDAR É VIVER... sempre com a mesma intensidade.... que essa nossa luz nunca se apague...


Numa gaveta escondida lá estavam
Aqueles papeis amarelados que te dediquei...
Tu me dedicaste....

Continuamos a dedicar....

3 comentários:

Áurea disse...

Como é bom recordar
Lembrar o nosso passado
Neste caso foi bonito
Mas às vezes é complicado
bjo
Áurea

mariabesuga disse...

Às vezes é complicado como diz a Áurea mas no vosso caso é uma estória feliz.

O tempo muitas vezes, como no meu caso, dá-nos o que merecemos depois de termos passado por uma experiência negativa.

Adoro escrever poemas de Amor que mais não são que cartas... de Amor.
Verdade que não os escrevo só por estar apaixonada. Sempre os escrevi de dentro de mim, talvez esperando/prevendo o momento em que teria a quem os dedicar.

As cartas de Amor são de guardar sempre ao longo da vida dos dois porque de um Amor certo e que continua a unir-vos.

Podiam continuar a escrever cartas de Amor. ;)

Beijinho Carla e sê feliz nesse Amor que dura e Te/Vos faz bem.

O Cantinho da Mimi disse...

Olá...

Dá uma espreitadela no meu log ;)
www.ocantinhodamimi.blogspot.com

Beijos*